Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

EXPECTATIVAS

A nossa (e de todos nós mesmos) grande culpa,tratando-se de relacionamento, está nas expectativas que projetamos no outro. O problema é que no caso do amor ou de apaixonar por alguém, essa "culpa" acaba sendo inevitável. 
Infelizmente não viemos com uma chavezinha de ON/OFF para controlar esses sentimentos. Simplesmente acontece! 
Se  as expectativas foram nossas, e só nossas, realmente essa pessoa, na verdade,jamais existiu. Tudo não passou de uma invenção, impulsionada por uma faísca qualquer do acaso, que virou uma grande combustão por culpa de nossa carência e eterno medo de "terminarmos sozinhos". 
E como driblar essa expectativa?
Não dá! Não mesmo! Pois somos feitos disso: da busca insaciável daquilo que ainda não se tem. O novo nos fascina, nos embriaga, inclusive, pode até nos matar.
O grande problema deste delírio é quando a realidade confronta a pessoa sonhada, e as coisas acabam não dando certo para nós. Então, precisamos absorver os impactos da frustração de…