Pular para o conteúdo principal

VOCÊ ACREDITA EM ALMA GÊMEA?



alma gemea


De repente você põe a mão por dentro e arranca o mal pela raiz, você sabe como me fazer feliz...não, eu não irei cantar Fábio Junior aqui para vocês, só com banda armada no palco e belas backing vocals ao meu lado. 

A puberdade e o auge dos hormônios ferventes, provenientes da adolescência, trouxeram a minha primeira "Alma Gêmea", mas o medo e a timidez (normal da idade) foram uma grande barreira.

Depois, já na Faculdade, ali pelos 21 anos, pintou outra "Alma Gêmea", só que tranquei o curso e os laços se desfizeram.

Hoje, mesmo próximo dos 30 (Eitaaaaa, que medo, gente!) e depois de vivenciar algumas coisas, ainda fico confuso, às vezes, sobre alguns sentimentos ou quando gosto de alguém de uma maneira mais forte e intensa.

Será que existe mesmo esse troço de "cara-metade" ou seria isso mais uma construção da nossa eterna carência afetiva e necessidade de dividir ou compartilhar nossos momentos de felicidade com alguém?

Num universo de mais de 7 bilhões de corações pulsantes e cheios de amor para dar, a outra pessoa teria que nascer na mesma cidade ou próximo. Além disso, frequentar os mesmos lugares - sejam eles reais ou virtuais.

Visto a Teoria do Espaço, agora seremos sugados à outra Teoria, a do Tempo (momento The Big Bang Theory): ela não só teria que ser contemporânea a nós como também ter uma faixa de idade parecida. Não que pessoas de faixas etárias diferentes não possam se envolver, mas que, naturalmente, esse quesito nos leva a frequentar os mesmos ambientes ou termos costumes em comum, o que facilita muito em um possível encontro.

Falando em tempo desconexo, e se a nossa "metade da laranja" ainda não nasceu? E o pior, e se ela já morreu?

Já que tocamos em morte, e se for como no Budismo ou Hinduísmo? Ou seja, teríamos que ser da mesma região, frequentar os mesmos lugares, ter uma idade parecida, alguns gostos em comum, tudo isso na mesma reencarnação, e ainda sim possuirmos o mesmo número de cromossomos - mesma espécie animal.

A minha "Alma Gêmea" dessa encarnação, por exemplo, pode ter vindo em uma Girafa. Como é que se copula com um animal de pescoço tão longo, pessoal? Afinal de contas, somos seres sexuados e precisamos reproduzir a espécie.

Lembrando que até aqui, me referi apenas a Terra, e não à todo Cosmo e Sistema Solar com seus 8 planetas...saudades de Plutão! Quem garante que não existe um E.T por ai, sozinho, carente, furando os discos do Los Hermanos e da Marisa Monte na sua moderna e futurista vitrola espacial. 

Enfim...

Agora, eu lhes pergunto, com tantas pessoas nesse mundo e possibilidades diferentes, poderíamos ter duas ou mais "Almas Gêmeas"? Será que essa "metade da laranja" não poderia ser um terço, um quarto ou até um dezesseis avos?




                                                                        ( Cleydson Ramones )





PS: Se voce leu até aqui, é pq gostou. Então, para ajudar o BLOG aperte o botão G+1 do Google. E curta a página no Face para receber os próximos textos em primeira mão

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A ZENALDO

Belém, 27 de novembro de 2016.
Caro Prefeito,

Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Zenada! Zenada! Zenada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! 
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nariz de Palhaço!!! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! 
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! 
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nanismo Político!!! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nada! Nada! Nada! Nada! Nada! Nada!
Nad…

8 DE MARÇO

Ah, se as mulheres...

Soubessem como é bom encontrá-las despenteadas, como ficam provocantes andando descalças pela casa e que não precisam fingir dor de cabeça.

Soubessem que o mais simples vestido em seu corpo se torna deslumbrante, que muita maquiagem esconde a essência e que versões editadas são chatas.

As, se as mulheres...

Soubessem como é hipnotizante vê-las lambendo os dedos após comer algo, como é gostoso apertar aquela carninha sobrando em seu cintura e que o natural também nos comove. 

Soubessem que apenas um sorriso seu é mais valioso que mil DR's de mil horas, como ficam atraentes quando usam um de nossos blusões e que as vezes menos é mais.

Ah, se as mulheres...

Soubessem como são sensuais ao ficarem na pontinha do pé para pegar a lata de ervilha em cima do armário. Soubessem como o perfume que exala diretamente de seus poros nos embriaga. Soubessem que elas por si só já nos fascinam.

Ah, se as mulheres soubessem. 



( Cleydson Ramones )





MINHA PUTA LITERÁRIA

Cada trecho escrito, um gemido
Cada letra no papel, um sussurro

Vontade de ir mais fundo,
até a última linha
De lhe tirar o fôlego, as palavras
De fazê-la provar cada gota da caneta
De usar suas costas feito um papel, 
e assinar o meu nome

Minha
Ela gosta de ouvir - minha
"Repete, por favor" - minha

A escrita relembrando nossas transas
é um momento de suspiro,
de gozo
Uma mão no lápis,
a outra na imaginação
E o seu corpo nu na cama
é como um livro aberto
na minha página favorita

Minha
Quero ouvir a tua voz - "sua"
Repete, gemendo - "sua".



( Cleydson Ramones )